São Paulo Companhia de Dança aposta em leveza em reencontro com o público no Teatro Alfa

Patricia Marrese, 19 de novembro de 2020

São Paulo Companhia de Dança
Só Tinha de Ser com Você, de Henrique Rodovalho. SPCD. Crédito imagem> Fernanda Kirmayr

Após quase nove meses longe do público presencial, a São Paulo Companhia de Dança, com direção artística e executiva de Inês Bogéa, sobe ao palco para duas apresentações que marcam a retomada da Temporada de Dança do Teatro Alfa, em São Paulo.

Os espetáculos acontecem nos dias 21 e 22 de novembro, às 20h (sábado) e 18h (domingo), e terá plateia limitada a 40% da lotação máxima do Teatro Alfa, que acabou de receber o selo Safeguard pelo Grupo Bureau Veritas, líder mundial em Teste, Inspeção e Certificação (TIC), por estar em acordo com os protocolos de limpeza e higiene contra a propagação do Covid-19. Quem preferir também poderá comprar ingressos para prestigiar os espetáculos de casa em duas transmissões exclusivas, ao vivo, direto do palco.

Na ocasião, o público vai ter a chance de conferir a estreia de Respiro, quarta criação de Cassi Abranches para a São Paulo Companhia de Dança. Acostumada a coreografar para grandes grupos e desenvolver duos intrincados, a ex-bailarina do Grupo Corpo se viu diante do desafio de descobrir novas possibilidades de movimento e de uso do espaço devido à necessidade de incorporar o distanciamento social do cotidiano também em cena.

O nome da nova obra já revela seu propósito: Respiro sugere um momento de suspensão de uma realidade, por vezes, asfixiante. Cassi se inspirou nas sensações de perdas e ganhos percebidas pelos bailarinos durante a pandemia, que vão desde a falta do toque ao reencontro consigo mesmo, e incorporou elementos do Tai Chi Chuan e da meditação à energia de movimentos que é própria de sua assinatura. Embalada pela trilha sonora original criada por Beto Villares com participação de Siba, a coreógrafa conduz o público por uma montanha-russa de vibrações positivas em meio à iluminação criada por Gabriel Pederneiras e figurinos desenvolvidos por Verônica Julian.

“Acho que está todo mundo precisando de um alívio. Esta obra é como um intervalo do tsunami de notícias ruins que nos atingiu. Quero oferecer 15 minutos de boas sensações e tocar as pessoas nesse sentido”, afirma a coreógrafa.

Além da estreia, outra obra também repleta de poesia e leveza será apresentada pela primeira vez pela SPCD para o público presencial: Só Tinha de Ser com Você, grande sucesso de Henrique Rodovalho, criado em 2005 para sua companhia, a Quasar Cia de Dança. Na versão assinada pelo coreógrafo goiano para a SPCD, as distâncias entre os bailarinos foram ampliadas e as relações entre eles se constroem a partir de gestos e olhares, sem contatos físicos.

A obra apresenta uma sensível e singular releitura coreográfica de músicas do álbum Elis & Tom (1974), de Elis Regina (1945-1982) e Tom Jobim (1927-1994), um clássico da música brasileira. Os figurinos são assinados por Cássio Brasil e a cenografia fica a cargo de Letycia Rossi.

“É uma enorme alegria voltar a encontrar os aplausos do nosso querido público, que esteve perto da Companhia de modo online durante estes longos meses de ausência dos palcos. Para as apresentações no Teatro Alfa, o programa foi pensado como uma resposta e um acalanto aos desafios enfrentados por todos no contexto atual. Respiro, a estreia de Cassi Abranches, reflete a vontade de afastar o turbilhão de acontecimentos atuais para apreciar a vida. E Só Tinha de Ser com Você, de Henrique Rodovalho – que também sobe ao palco pela primeira vez para uma plateia presencial – é conduzida pela linda trilha de Elis & Tom, com canções que aquecem o coração”, afirma a diretora artística e executiva da São Paulo Companhia de Dança, Inês Bogéa.

Por Patrícia Marrese

Categorias: Uncategorized

Tags: , , , ,

Patrícia Marrese

Patrícia Marrese é formada em Relações Públicas pela FAAP e em ballet clássico pelo Ballet Paula Castro. É mestre em Comunicação e Cultura pela Université Côte d’Azur, na França. Atualmente, está à frente da Marrese Assessoria, Comunicação para Dança.

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos

São Paulo Companhia de Dança

São Paulo Companhia de Dança faz últimas apresentações do ano na capital paulista acompanhada pela Orquestra do Theatro São Pedro

Patricia Marrese, 7 de dezembro de 2020

A São Paulo Companhia de Dança realiza apresentações entre os dias 10 e 13 de dezembro no Theatro São Pedro.

Leia mais
Degas

MASP abre exposição Degas com 76 obras do artista francês

Patricia Marrese, 29 de novembro de 2020

O Museu de Arte de São Paulo (MASP) inaugura, no dia 04 de dezembro, a exposição Degas. No total, serão expostas 76 obras.

Leia mais
São Paulo Companhia de Dança

São Paulo Companhia de Dança aposta em leveza em reencontro com o público no Teatro Alfa

Patricia Marrese, 19 de novembro de 2020

A São Paulo Companhia de Dança, com direção artística e executiva de Inês Bogéa, sobe ao palco para duas apresentações no Teatro Alfa.

Leia mais