Ícaro Companhia de Dança apresenta espetáculo em homenagem à Elis Regina no Teatro Estadual de Araras

Patricia Marrese, 21 de agosto de 2019

Cena de Fascinação pela Ícaro Companhia de Dança. Crédito imagem: Bruno Borghi

A Ícaro Companhia de Dança, fomentada e produzida pela Artesofia Produção Cultural e com direção artística de Glauco Fernando, reapresenta o espetáculo Fascinação nos dias 14 e 15 de setembro no Teatro Estadual de Araras. Serão duas apresentações: no sábado (14), às 20h e no domingo (15), às 19h. Os ingressos variam entre RS 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada).

A obra, criada em 2010 por Glauco Fernando, traça um recorte de 14 canções da trajetória de Elis Regina (1945-1982), considerada um dos grandes nomes da música popular brasileira por sua potência vocal e interpretação artística. Sucessos como Arrastão, Águas de Março, Maria Maria, Canto de Ossanha e extratos de Atrás da Porta são reinventados sob o olhar da maestrina com carreira internacional, Beatriz De Luca. A trilha sonora funciona como uma narrativa criada especialmente para este espetáculo e é acompanhada pelos bailarinos da Ícaro Companhia de Dança.

Cena de Fascinação pela Ícaro Companhia de Dança. Crédito Imagem: Bruno Borghi

Fascinação já foi assistido por um público superior a 9 mil pessoas em cinco cidades, em um total de 26 apresentações. “É uma alegria voltar à Araras com uma homenagem para esta grande artista. Nosso desafio é buscar a expressão e a sensibilização do público com as músicas em cena, que são conduzidas por bailarinas nas sapatilhas de ponta e algumas movimentações da dança contemporânea”, comenta Glauco Fernando.

Os interessados em assistir ao espetáculo Fascinação pela Ícaro Companhia de Dança podem adquirir os ingressos diretamente na bilheteria do Teatro Estadual de Araras ou pelo site da Ingresso Rápido.

Por Patrícia Marrese

Fascinação (2010)

Coreografia e figurinos: Glauco Fernando

Música: repertório da cantora Elis Regina entre 1965 e 1980

Produção da Trilha Sonora: Beatriz De Luca

Cenário: 02 Atelier Cenográfico

Produção Executiva, iluminação e roteiro: Flávio Roberto Andrade Freitas

Duração: 40 minutos

Elenco: Alice Inuy, Caio Amaral, Glauco Fernando, Isis Silva, Nicole Gomes e Tilly Garcia

A obra traça um recorte de 14 canções da trajetória de Elis Regina (1945-1982), considerada um dos grandes nomes da música popular brasileira por sua potência vocal e interpretação artística. Sucessos como Arrastão, Águas de Março, Maria Maria, Canto de Ossanha e extratos de Atrás da Porta são reinventados sob o olhar da maestrina com carreira internacional, Beatriz De Luca. A trilha sonora funciona como uma narrativa criada especialmente para este espetáculo e é acompanhada pelos bailarinos da Ícaro Companhia de Dança.

Serviço

Ícaro Companhia de Dança

Datas:

Sábado | 14 de setembro | às 20h00

Domingo   | 15 de setembro | às 19h00

Local: Teatro Estadual de Araras – Maestro Paulo Russo (Av. Dona Renata, nº 4901 – Araras/SP)

Telefone: (19) 3543-2450

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada)

ÍCARO COMPANHIA DE DANÇA

Diretor Artístico e Coreógrafo| GLAUCO FERNANDO

Criada em 2005, a Ícaro Companhia de Dança é fomentada e produzida pela Artesofia Produção Cultural e dirigida por Glauco Fernando, bailarino, professor e coreógrafo. A Companhia busca trabalhar o estilo Neoclássico e resgatar a dança clássica, com nuances da música popular brasileira. Desde sua criação, já produziu sete espetáculos: Momentos de Hollanda (2005); Carmen (2006); Bach Barock Brasilien (2008); Grandes Clássicos (2009), Orfeu da Conceição (2009); Fascinação (2010) e By Chopin (2019).  Foi assistida por um público superior a 32 mil pessoas em 12 diferentes cidades, em mais de 85 apresentações.

Diretor Artístico e Coreógrafo| Glauco Fernando: certificado pela Royal Academy of Dance desde 1999, Glauco é formado em Ballet Clássico, repertório e técnica de pas de deux pela Silci Ballet (Silvia Cibele) e especializou-se com diversos professores e instrutores: Ilara Lopes, Jorge Peña, Kática Rocha, Ana Guedes, Jorcir Rodrigues, Victor Aukstion, Izaura Guzman, dentre outros. Glauco Fernando ingressou em renomadas escolas de dança nacionais e internacionais, como: Escola Municipal de Bailados da Cidade de São Paulo; Escola Acadêmica e Coreográfica do Ballet Bolshoi (Moscou) e; Centro Prodanza (Havana). Já atuou como solista na Companhia de Ballet da Cidade de Niterói (2001 – 2002) e como bailarino da Cisne Negro Companhia de Dança, para a montagem do espetáculo O Quebra-Nozes (2002). É diretor artístico e coreógrafo da Ícaro Companhia de Dança desde 2005, com obras que já circularam em inúmeras cidades do Brasil, além de ter fundado, em 2017, a OPHU – Orquestra Philarmônica de Uberlândia. Glauco Fernando também é professor de balé clássico e técnica de pas de deux em escolas e companhias de dança da capital e interior paulista. Atualmente, está em formação pela Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (qualificação de professores pelo método Vaganova).

Categorias: Uncategorized

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Patrícia Marrese

Formada em Relações Públicas pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), é praticante de ballet clássico desde os seus sete anos, onde já dançou em escolas de dança, tais como Ballet Paula Castro e Emovere Studio de Dança.

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos

YAGP desembarca pela primeira vez em São Paulo

Patricia Marrese, 12 de setembro de 2019

O Youth America Grand Prix (YAGP) acontecerá entre os dias 17 e 20 de setembro, no Teatro Sérgio Cardoso e no Theatro Municipal de São Paulo.

Leia mais

Ícaro Companhia de Dança apresenta espetáculo inspirado em Frédéric Chopin na Galeria Olido

Patricia Marrese, 11 de setembro de 2019

A Ícaro Companhia de Dança reapresenta o espetáculo By Chopin nos dias 27 e 28 de setembro na Galeria Olido, em São Paulo.

Leia mais

Temporada do Teatro Alfa 2019 apresenta Les Ballets Jazz de Montréal

Patricia Marrese, 27 de agosto de 2019

O Teatro Alfa apresenta Les Ballets Jazz de Montréal de 30 de agosto a 1º de setembro. A obra é uma homenagem à Leonard Cohen.

Leia mais